Os 4 pilares da produção de conteúdo

Os 4 pilares da produção de conteúdo

Conta pra gente, o que você anda postando nas redes sociais da sua empresa? Nos últimos tempos temos sido bombardeados de conteúdos na internet e nem sempre eles falam o que a gente quer ouvir, não é? Muitas vezes até deixamos de seguir boas empresas no Instagram, por exemplo, porque os posts não conversam com a gente de forma clara, ou seja, porque o conteúdo dessas empresas não geram valor e conexão.

Você já deve ter feito isso com o seu negócio ou também já deve ter visto por aí que muitos perfis em redes sociais utilizam a plataforma somente como portfólio de serviços ou para lançarem apenas promoções e outros posts com foco apenas na venda direta.

Pois vamos te contar um segredo. Publicar portfólio e promoções não está errado. Pelo contrário, esse tipo de conteúdo é essencial para que seus seguidores e potenciais clientes saibam o que efetivamente a sua empresa tem a oferecer. Mas vamos com calma, ok? Publicações excessivas, com o mesmo foco, uma em seguida da outra, vão levar seus seguidores ao deslike, à falta de engajamento e consequentemente à não conversão.

Por isso neste post vamos te mostrar os 4 pilares da produção de conteúdo e o que você precisa saber para gerar valor e criar conexão nas suas redes sociais.

4 pilares da produção de conteúdo
1. O que todo conteúdo precisa ter

Primeiramente é importante saber que antes de sair postando qualquer coisa, você precisa saber quem a sua empresa é, que mensagem você deseja passar através da sua marca e a partir disso bolar uma estratégia. Todo conteúdo precisa ter uma estratégia com o objetivo de levar o seu potencial cliente não só até o carrinho de compras, como à finalização da compra e acredite, até um post de meme tem uma estratégia. Além de saber quem é a sua empresa, você precisa saber qual é o maior objetivo dela no momento, além da venda. Seria crescer a audiência? Se posicionar no mercado? Tendo isso bem claro você conseguirá criar conteúdos que despertem algum tipo de emoção e consequentemente uma memória em relação a sua marca.

2. Intenção de conteúdo.

Como já mencionamos no tópico anterior, todo conteúdo precisa de estratégia e uma boa forma de praticar isso é determinar intenções para os seus posts. Exatamente, qual a sua intenção ao publicar esse post? Veja alguns tipos de intenções e que tipos de conteúdo se encaixam nessas, digamos, categorias:

Intenção de gerar reciprocidade: Geralmente são conteúdos educativos que ensinam algo de valor para a sua audiência e resolvem seus problemas na prática. Aqui entram posts tirando dúvidas já feitas anteriormente pelos seguidores ou até mesmo posts em formato carrossel mostrando algum passo a passo relacionado ao seu produto ou serviço.

Intenção de interação: Aqui sim o foco será o engajamento e para isso o ideal é chamar o seu público para participar dos seus posts. Faça perguntas como “o que você acha de cursos online?” ou “para você, qual é o melhor o melhor formato de aulas?”, peça indicações, opiniões. Use este espaço para conversar com os seus seguidores e gerar conexão.

Intenção de mostrar autoridade: São conteúdos que expõem o porquê você pode falar o que você fala ou porque a sua empresa faz o que faz. Para este tipo de conteúdo é possível mostrar resultados reais do seu produto como, por exemplo, imagens de antes e depois. Também é o momento de mostrar que você e a sua empresa estão presentes em palestras entre outros eventos relacionados ao seu nicho de mercado, gerando assim, confiança no seu público e no seu cliente potencial.

Existem várias outras intenções como intenção de motivação, de gerar antecipação, intenção de venda direta. Encontre a intenção ideal para o seu post e vá em frente.

Intenção de conteúdo
3. Tipos de conteúdo.

Como você deve imaginar, até na produção de conteúdo, uma coisa leva a outra e ao pular etapas você poderá correr riscos desnecessários. Seguindo essa premissa, aqui vale saber que o tipo de conteúdo vai depender da intenção que você determinou. Você pode contar histórias, informar dados diversos, criar checklists, enquetes, mostrar bastidores do seu trabalho ou até publicar algumas frases inspiradoras. Cada post deve ter uma intenção bem definida.

4. Formatos de conteúdo.

Como você deve imaginar, até na produção de conteúdo, uma coisa leva a outra e ao pular etapas você poderá correr riscos desnecessários. Seguindo essa premissa, aqui vale saber que o tipo de conteúdo vai depender da intenção que você determinou. Você pode contar histórias, informar dados diversos, criar checklists, enquetes, mostrar bastidores do seu trabalho ou até publicar algumas frases inspiradoras. Cada post deve ter uma intenção bem definida.

Formatos de conteúdo

Percebe que esses 4 pilares formam uma alquimia perfeita para a criação e produção do seu conteúdo?

Mas se depois de todas essas dicas você ainda acha que é trabalho demais para você ou que as ideias simplesmente não vão surgir, não se preocupe. A Clickright é especialista em produção de conteúdo e não deixa passar nenhuma dessas etapas, fazendo com que a sua empresa tenha um excelente posicionamento nas redes sociais.

Entre em contato e agende um bate-papo com um dos nossos consultores clicando aqui.

E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais: Instagram | Facebook